segunda-feira, 20 de abril de 2009

Xícaras de chocolate espumante do dia anterior no criado mudo ao lado da cama, o vira lata esparramado no tapete ao lado da lareira que não funciona. A porta entreaberta da geladeira vintage com pintura de vaquinha, mostrando cervejas, chocolate e leite. As dez da manhã, a porta da frente bate anunciando a chegada dele, sorrindo e contando uma história ridícula sobre como não conseguiu achar nenhuma loja aberta onde pudesse comprar seus cigarros. Se jogando sobre a cama onde durmo e continuando a falar desesperadamente como uma criança de cinco anos, afim de me acordar e me deixar irritada.
Ele consegue.
Acordo, descabelada e passo a mão na cabeça do vira lata (vulgo Fubá), que a essa altura já despertou com o barulho e pulou na cama também. Com certeza está uma manhã linda e sendo assim a raiva passa e pergunto se depois de toda enrolação ele conseguiu trazer os cigarros.
Não arrumamos a bagunça da casa, ao contrário, bagunçamos ainda mais, indo a cozinha e preparando outras duas xícaras de café e sentando em frente a tv, não assistindo (a programação de domingo é péssima), mas planejando onde será nosso almoço e onde levaremos Fubá pra dar uma volta.
De repente, desliga a tv e vai tocar acordeon, eu saio cantando e indo ao banheiro pra tomar um banho.
O resto do quebra-cabeça eu posso ir montando devagar..
Se as brigas existem, elas terminam em risadas na cama..
Se o passeio furar, a gente fica em casa e chama os amigos pra cerveja..
Se o amor acabar.. a gente inventa ele de novo.. e de novo.. e de novo..
Eu realmente quero isso.
Tô indo ali montar meu quebra-cabeças.. beijo.

4 comentários:

Fabrício Silva disse...

Muito criativo o seu blog. Consegue ser interessante, sem ser enfadonho. Trabalha a humoristica do lazer com o suspense instigante dos contos.

Tava devendo o meu comentário né?!!

Abração!

Milene disse...

A vida é um finito quebra-cabeças...

Tomara que demoremos bastante para encontrarmos as últimas peças!

;o)

Beijo.

joao~grando disse...

O legal de um quebra-cabeça é que às vezes parece que encaixa, mas não encaixa.

Paigge disse...

ahh, me vi em Amelie =)